Pérola Negra do Grupo de Acesso de SP anuncia mudanças em seu elenco para 2018

Após ter sido eleito no último dia 11 a nova diretoria da Escola de Samba Pérola Negra, do grupo de acesso do carnaval de São Paulo, a agremiação da Vila Madalena atualmente presidida por Sheila Monaco, começou a mexer em suas peças principais do elenco, rumo ao carnaval 2018, onde busca o tão sonhado retorno para a elite do carnaval paulistano.

Entre os desligamentos estão o intérprete oficial Juninho Branco, que foi divulgado no dia 24 de maio, mesma data em que foi anunciado a mudança do Mestre Sala Everson Sena, para a coirmã Unidos de Vila Maria.

Na noite desta última terça-feira (30), um novo anuncio de desligamento foi realizado nas redes sociais oficiais da escola, desta vez do Coreógrafo da Comissão de Frente, Carlos Teixeira, o qual por muitos anos foi integrante da equipe e no carnaval de 2017 assumiu o posto de coreógrafo.

Vale lembrar que anteriormente a eleição da nova diretoria, já havia sido anunciado também o desligamento do Mestre Adamastor que estava no comando da Bateria, assim como de Gisa Camillo que era a Porta Bandeira responsável em defender o símbolo maior da agremiação.

Por outro lado a agremiação também já está anunciando os novos reforços para o time de 2018, e o primeiro a ser divulgado foi a contratação de Fernando – Neninho, que assumirá o comando da Bateria da agremiação.

Carlos Teixeira – Crédito da Foto: JSeixinho

Para o comando da comissão de frente, quem assume o posto será Robério Theodoro, ele que é bailarino, coreógrafo e já foi até Rei Momo do Carnaval da cidade de São Paulo.  Para o posto do novo primeiro casal de mestre sala e porta bandeira, os responsáveis que assumirão o pavilhão da agremiação será a dupla Eliana Sales e Leno Tomaz.

E na tarde deste sábado (03), a agremiação anunciou a voz oficial para o carnaval 2018. Trata se de Daniel Collete que acumula passagens pelas coirmãs Flor de Vila Dalila, Mocidade Alegre, X9 Paulistana, Dragões da Real e Leandro de Itaquera.

A agremiação desejou as boas vindas através das redes sociais

“Seja bem-vindo Daniel, estamos muito felizes com a sua chegada! A Vila Madalena te abraça. Vamos juntos com o mesmo ideal: A vitória! “

Coreógrafo mostra seu lado sexy sem ser vulgar em ensaio artístico

O coreógrafo Vinícius Lagares, de 26 anos, é professor e proprietário da Cia.Stiletto, a qual vem fazendo o maior sucesso com apresentações nos mais variados programas de televisão. O bonitão de 1,72 altura e 76 kg bem distribuídos de massa muscular, aceitou o desafio de posar para a lentes do conceituado fotógrafo Leonardo Santos, para uma sessão de fotos inusitada, através de um ensaio de nu artístico, mostrando o seu lado sexy sem ser vulgar.

Os alunos estão acostumados a ver ele usando salto alto nas aulas, já que é professor da dança Stiletto, porém a nudez é algo que decidiu explorar pela primeira vez neste novo ensaio fotográfico, que foi realizado em estúdio na cidade de São Bernardo do Campo em SP.

As fotos revelam imagens de um homem bonito e sarado em cima de um salto alto, além de mostrar sua performance contrastando com efeitos especiais ocasionados por amido de milho para incrementar o trabalho artístico realizado em conjunto com o fotógrafo. Leonardo Santos já pensava em usar a farinha que é muito usada na culinária, para dar efeito especial em suas fotos, porém aguardava alguém que tivesse uma desenvoltura corporal e artística, capaz de resultar num belo trabalho.

O estilo de dança – Stiletto, já foi utilizado até pela cantora Madonna no clipe da música “Girl Gone Wild”, onde é realizado a junção da dança em cima de salto alto, trabalhando a postura e o equilíbrio, combinando na maioria das vezes com hip hop e jazz.

Vinicius com sua cia de dança já fez participação nos programas: Legendários na Record, Okay Pessoal no SBT, além de outros na Globo, Rede TV e Gazeta. Experiência é o que não falta, pois já fez trabalhos com a cantora Wanessa, abertura do show da banda Malta, homenageado por incentivo contra a homofobia, além do próprio show chamado “The Glam Show” e já está em produção de um novo show.

Para conhecer um pouco mais do trabalho de Vinicius, basta acessar as redes sociais:  Instagram @ciastiletto – Facebook /ciastiletto , assim como para ver mais trabalhos realizados pelo fotógrafo Leonardo Santos @LeonardoSantosFotografia  – www.leonardosantos.com.br

Crédito das Fotos: Leonardo Santos / Renato Cipriano – Divulgação

 

Gledson Fonseca, o Ex Rei Momo do Carnaval de SP que é um negão de tirar o chapéu

Gledson Fonseca – Fotos: Acervo Pessoal / Renato Cipriano – Divulgação

Gledson Fonseca – Fotos: Acervo Pessoal / Renato Cipriano – Divulgação

Como dito na canção ‘Meu Ébano’ da consagrada cantora Alcione, Gledson Fonseca é o típico “príncipe negro, feito a pincel… um negão de tirar o chapéu”.

Atualmente com 32 anos, o rapaz que é Paulista e criado em São Bernardo do Campo, é dançarino e coreógrafo, já morou por 5 anos na Turquia, onde integrava um grupo de dança e teve a oportunidade de conhecer outros países como a Grécia e Alemanha.
Iniciou no carnaval aos 9 anos, quando começou a frequentar acompanhando a sua mãe que era rainha de bateria de uma escola do bairro onde morava. Aos 30 anos realizou o seu sonho de ser eleito o Rei Momo do carnaval paulistano. Pela primeira vez no concurso, Gledson não imaginava ser escolhido para o posto, já que ele não tinha o padrão que costumava-se a ver no personagem da folia de momo, um tradicional gordinho. Porém com as mudanças da regra do concurso, o rapaz que é leonino e não desiste nunca, se viu dentro das características exigida e com apenas um kilo a mais, resolveu se inscrever só pelo prazer de participar e eis que a sorte estava ao seu lado e juntou com o talento do mesmo e consagrou-se o grande campeão, batendo outros candidatos que estavam há anos concorrendo a vaga.

Na época da vitória, se a forma física era contestável, uma coisa ninguém poderia reclamar, pois como Rei Momo, Gledson tinha samba no pé e simpatia de sobra, o que contagiava todos que estavam por perto. E apesar de ter o corpo em forma, Gledson conta que quando recebeu a coroa, teve que assinar um contrato que impedia exibir o seu corpo e justamente por representar a corte do carnaval, deveria sempre estar portando um figurino condizente com o posto. Porém passado dois anos e com o término do contrato, nós não esquecemos do rapaz e eis que realizamos um ensaio digno de tirar o chapéu.

Gledson Fonseca – Fotos: Acervo Pessoal / Renato Cipriano – Divulgação

Gledson Fonseca – Fotos: Acervo Pessoal / Renato Cipriano – Divulgação

Gledson Fonseca – Fotos: Acervo Pessoal / Renato Cipriano – Divulgação

Gledson Fonseca – Fotos: Acervo Pessoal / Renato Cipriano – Divulgação

Gledson Fonseca – Fotos: Acervo Pessoal / Renato Cipriano – Divulgação

Gledson Fonseca – Fotos: Acervo Pessoal / Renato Cipriano – Divulgação

Gledson Fonseca – Fotos: Acervo Pessoal / Renato Cipriano – Divulgação

Gledson Fonseca – Fotos: Acervo Pessoal / Renato Cipriano – Divulgação

Conheça Jojo Vibe, o coreógrafo das estrelas brasileiras

Jojo Vibe e Bailarinos

Quem nunca invejou o rebolado no palco de um cantor sertanejo? Ou quem nunca se pegou tentando copiar uma coreografia dançante de um cantor pop da mídia? Sabia que um dos Coreógrafo das estrelas se chama Jojo Vibe, é nascido na cidade do Rio de Janeiro, tem 32 anos e há 20 anos já atua como coreógrafo?

Jojo Vibe, é bailarino, coreógrafo, cantor, produtor e diretor de palco, já trabalhou com diversos cantores como Kelly Key, Mc Gui, Léo Rodrigues, entre outros e atualmente há cinco anos, é o responsável por desenvolver todas as coreografias dos shows do cantor Latino, e que por sinal está terminando a coreografia da nova música “Uivando Que Nem Cachorro”, o próximo hits que estará nas paradas de todo o Brasil.

Entre uma coreografia e outra, com o seu amplo conhecimento de palco, o rapaz ainda consegue espaço na agenda para ministrar cursos de presença de palco para diversas celebridades da mídia, do teatro e da televisão.E em breve Jojo Vibe estará com novidades para o mercado musical, onde promete animar muitas festas no estilo de Naldo, Anitta, Ludmilla, Mc Koringa etc.

Crédito das Fotos: Acervo Pessoal – Divulgação

Jojo Vibe

Jojo Vibe, Sabrina Sato e Latino

Coreógrafo da Mocidade Alegre, Robério Theodoro, realiza ensaio inusitado inspirado na dança ‘Stiletto’

Robério Theodoro, aos seus 34 anos de idade, é modelo e sambista. Desde os 17 anos, o jovem se apresenta em outros países com muito charme e samba no pé, com o intuito de sempre resgatar a cultura popular brasileira em países no qual tiveram o prazer de assisti-lo: Itália,Croácia,Eslovênia,China,Coreia e até no Japão.
Atualmente, Robério está cursando a Escola de Atores Wolf Maya, para se aperfeiçoar ainda mais e ampliar os horizontes. Afinal, seu principal objetivo é sempre inovar e vencer, enfrentando todas as barreiras da vida, que por sinal para o modelo não existem obstáculos que os atrapalhem.
Como sambista se considera uma pessoa super satisfeito e realizado em todos os aspectos. Após desfilar como destaque e passista, resolveu conquistar novos espaços dentro Carnaval, e logo conquistou o tão almejado cargo de rei momo desejado por muitos sambistas, sendo o primeiro da história do carnaval de São Paulo a ser magro, considerado como o “Rei Momo Fitness”.
Hoje, está seguindo para o seu terceiro ano consecutivo como o coreógrafo da comissão de frente da tradicional escola de samba Mocidade Alegre, no carnaval de São Paulo.
Robério Theodoro teve situações polêmica, no segundo ano como integrante da comissão de frente, o modelo veio representando o enredo da escola “Luz do Criador”, onde sua fantasia era toda feita em Led. Lembra muito emocionado que ao chegar na concentração do sambódromo e ao acender as luzes do Led, foi notório vê de longe a chegada do mesmo, mais por alguns minutos assim que entrou na avenida uma das luzes apagou e por conta disso perdeu nota, levando o carnaval da agremiação a ficar em segundo lugar na classificação por conta disso.
Já no terceiro ano de destaque na comissão, o modelo desfilou apenas com um tapa sexo, gerando uma grande euforia em todos veículos de comunicação que cobriam o carnaval,levando ele ao título do bumbum mais bonito do carnaval de São Paulo.
O quarto ano a escola de samba Mocidade Alegre falou da sedução e o logo do enredo era o rosto do modelo, e no carro abre alas a agremiação trazia uma escultura enorme com o rosto de Robério, isso foi exclusividade no carnaval de São Paulo.
Recentemente o modelo voltou com a polêmica, realizou um ensaio fotográfico inusitado com o estilo ‘Stiletto’, a dança do salto alto. A modalidade se tornou referência com a dançarina da Broadway Dance Center Dana Foglia, que já trabalhou como coreógrafa de Beyoncé
É notável o quanto não existe barreiras para o Robério!
Qual será o próximo passo do rapaz ?
Crédito das Fotos: Alex Pires / Renato Cipriano – Divulgação