Marcus Mattioli o caçula de uma família de sucesso dentro das piscinas

Marcus Mattioli de 55 anos, aprendeu a nadar com 3 anos no Minas Tênis Clube e aos 5 anos já participava da primeira competição como nadador da equipe de Mini-Mirim do Minas.

Marcus vem de uma tradicional e consagrada família mineira de nadadores: a família Mattioli. Caçula de 4 irmãos que por 4 décadas representou brilhantemente o Minas Tenis Clube e o estado de Minas Gerais no Brasil e no exterior. Seus irmãos, Alexandre Mattioli (in memorian), Rodrigo Mattioli (in memorian) e Ricardo Mattioli foram soberanos na natação mineira e brasileira conquistando por décadas vários títulos mineiros, brasileiros e mundiais. Rodrigo e Ricardo foram, sem dúvida, seus ídolos e sua fonte de inspiração.

Marcus juntamente com seus irmãos, foram criados dentro do Minas tênis clube sendo “pratas da casa” como se costuma dizer. Seu maior feito, com certeza, foi a conquista da única medalha olímpica da história da natação mineira: a medalha de bronze no revezamento 4×200, conquistada nas Olimpíadas de Moscou de 1980.

Após esta brilhante conquista, Marcus parou de nadar em 1981 e fundou a Academia Mattioli, formando muitos atletas talentosos que defenderam brilhantemente, em competições, o Minas Tênis Clube, Minas Gerais e o Brasil. Em meados de 2007, Marcus fundou a Vila Mattioli que hoje em dia é um renomado acampamento e centro de treinamento de equipes dos mais diversos esportes (Fan Page Vila Mattioli).

Em 2006 voltou a nadar e em 2007 teve a maior emoção após o pódio olímpico de Moscou: conquistou, aos 47 anos, a terceira colocação no campeonato brasileiro dos 200 M Borboleta. O mais emocionante foi Marcus estar ao lado de seu filho Raphael Mattioli no pódio, pois Raphael foi o primeiro colocado na mesma competição. Pai e filho foram ovacionados por todos os presentes, nadadores e plateia. Por ser Atleta Emérito do Minas tênis clube, Marcus não pode mais competir em campeonatos oficiais como atleta do clube, pois o estatuto do clube não o permitia, por isso começou a disputar os campeonatos na categoria Master. Até esse momento, após a mudança de categoria, Marcus conquistou 32 medalhas de ouro em mundiais na Australia 1988, EUA 2006, Suécia 2010, Italia 2012, Canada 2014, Russia 2015, estabelecendo 60 recordes mundiais.

Marcus Matiolli foi eleito por 2 vezes, em 2007 e 2013 pela revista Swimming World a maior e mais conceituada revista da natação mundial, o melhor nadador na categoria master do

Anúncios

Conheça Amanda Ap Santos de Sousa, a atleta Paralímpica de halterofilismo

Conheça Amanda Aparecida Santos de Sousa, a atleta Paralímpica de halterofilismo.

Nasci dia 09 de setembro de 1991 com cinco meses e meio de gestação prematura. Razão pela qual possuo Paralisia Cerebral Diparética Espástica, foi diagnosticada com sete meses de nascida, desde então fiz tratamento médico e fisioterapia à vida inteira tanto na AACD de São Paulo, SARAH Brasília e AACD Uberlândia o que me garantiu um excelente prognóstico.

Comecei no esporte em 2008, onde fui orientada e encaminhada pelos médicos e fisioterapeutas a pratica de esporte para continuar minha evolução física. A minha carreira germinou então na natação por seis meses, onde um professor me viu, percebeu um possível biótipo físico e me convidou para praticar musculação sem compromisso algum, apenas para conhecer o que seria essa nova modalidade. A partir de então a minha vida mudou muito e participei da minha primeira competição no ano seguinte. Espetacular aquela sensação, abracei essa modalidade como minha.
Hoje sou atleta paralímpica de halterofilismo na cidade de Uberlândia, desde outubro de 2009, figurando no cenário competitivo desde 2010. Além de estudante de fisioterapia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) desde agosto 2011. E em 2014 tive a satisfação e a honra de em diferentes momentos ser convidada a compor a seleção brasileira de halterofilismo, e em um deles vivi a maior emoção da carreira desde então, participar dos jogos parasulamericanos em Santiago no Chile onde fui a primeira atleta a ganhar uma medalha de ouro nos jogos.

www.topdiet.com.br

Felipe Sertanejo fala sobre sua vitória no UFC Canadá

Atleta Felipe Sertanejo – Foto: Divulgação

Atleta Felipe Sertanejo – Foto: Divulgação

Os fãs de MMA comemoram a vitória do lutador Felipe Sertanejo que competiu no UFC FN 74, realizado em Saskatoon no Canadá. O paulista de 27 anos teve destaque em sua primeira luta internacional e também como estreante na categoria peso-galo (até 61kg), sua performance e excelente atuação rendeu o prêmio de vencedor no primeiro round, em que finalizou o anfitrião Yves Jabouin.

Com 16 vitórias no cartel, o lutador de MMA reconhece sua paixão pelo esporte e tem se preparado cada vez mais para alcançar seus objetivos. “Perdi 14 quilos para participar da luta. Esta vitória me deu mais confiança para continuar nesta nova fase”, revela Felipe, que também comemora a renovação do contrato de patrocínio com a Integralmédica e continua a integrar o time de atletas patrocinados da marca, o #INTEGRALTEAM.

Atleta Felipe Sertanejo – Foto: Divulgação

Atleta Felipe Sertanejo – Foto: Divulgação

 

Confira a entrevista de Felipe Sertanejo:

Nome Completo: Felipe Arantes Sertanejo

Data de Nascimento: 09/02/1988

Idade: 27 anos

Altura: 1,72 cm

Peso: 65 kg

Local de Nascimento: São Paulo (SP)

Treinador: Diego Lima

Profissão: Atleta do UFC – categoria peso-galo (até 61kg)

1) Quando começou no UFC? 

FS: Minha estreia foi no UFC RIO, o primeiro do Brasil, em agosto de 2011.

2) Com quantos anos começou a treinar e quais as modalidades que mais gosta? 

FS: Comecei a treinar muay thai com 13 para 14 anos com o meu mestre Diego Lima, desde então minha modalidade predileta é o muay thai, mas também gosto muito do jiu-jitsu!

3) Conte-nos como foi sua preparação para o UFC Canadá? 

FS: A preparação foi 100%. Treinei tudo o que eu pude, me dediquei ao máximo com dietas regradas na ponta da caneta e o resultado não poderia ser diferente.

4) E sobre a sua suplementação o que utiliza?

FS: Gosto muito do ISO e do ISO-X da linha Darkness. Durante o dia tomo BCAA a cada 3 horas e glutamina, pois nossa imunidade baixa por causa dos treinos e perda de peso. Gosto de usar o Lipodrol antes dos treinos e quando bate uma vontade de comer doce, a barrinha Protein Crisp de pasta de amendoim não pode faltar!

5) Como é sua rotina de treinos? Quantas horas você treina?

FS: Treino cerca de 5 a 6 horas por dia. Dividimos os treinos dependendo do dia, mas preciso treinar muay thai, jiu jitsu, boxe, wrestling, preparação física e MMA. Dividimos a na semana e treino de 3 à 4 vezes por cada dia.

6) O que mudou no seu treino para vencer o Yves Jabouin?

FS: O principal foi a confiança e dedicação. Me dediquei como nunca e assim será daqui pra frente. Um Sertanejo diferente e pronto pra qualquer modalidade.

7) Quais são os próximos passos na sua carreira?

FS: Agora descanso uma semana e volto a mil para os treinos. Quero lutar o mais breve possível e engrenar uma sequência boa de vitória.

8) Como é a sua dieta normalmente e em época de luta?

FS: Bem regrada, principalmente com a descida de categoria. Perto da luta cortamos bastante carboidrato, aumentamos fibras, proteína, corto temperos, sódio e doces.

9) Você se espelha em algum ídolo do esporte? 

FS: Vários, muitos deles estão na minha equipe. Thomas Almeida, Lucas Mineiro, Allan puro Osso. Outros também que me espelho são Maurício Shogun e George Saint Pierre.

10) Deixe uma mensagem para seus fãs e também para aqueles que querem ingressar na carreira.

FS: Obrigado a todos pela torcida. Espero que tenham gostado da luta e acreditem em mim. Serei diferente daqui pra frente. Em busca de vitórias sempre! E a todos que querem ingressar na carreira, saibam que não é fácil, mas se vocês tem esse desejo no coração é porque Deus colocou, portanto, nada que vem de Deus é impossível. Basta acreditar em si e Ele fará os seus sonhos se tornarem realidade. Fiquem com Deus!

Atleta Felipe Sertanejo – Foto: Divulgação

Atleta Felipe Sertanejo – Foto: Divulgação

Atleta Felipe Sertanejo – Foto: Divulgação

Atleta Felipe Sertanejo – Foto: Divulgação

Gabriel Pacca, o triatleta que representou o Brasil na 3ª edição do Invictus Award no México

Gabriel Pacca – Foto Nicolas Arcay Bermejo – Divulgação

Gabriel Pacca – Foto Nicolas Arcay Bermejo – Divulgação

Gabriel Pacca, o paulistano de 27 anos, e dono de um lindo par de olhos azuis encantador, é um triatleta e corredor, além de pai babão do pequeno Theo de 2 aninhos.

O galã que trabalha como arquiteto e nas horas vagas é DJ, foi convidado para estampar a capa da revista Men´s Health do mês de junho passado e também foi indicado como o representante brasileiro da 3ª edição do Invictus Award, websérie organizada pela Paco Rabanne, que contou com a participação de dez atletas de países diferentes, onde cada um representou o seu país.

Após um longo processo, o triatleta foi selecionado para o desafio, onde permaneceu cerca de 15 dias, em Jalisco e Puerto Vallarta, no México. Gabriel teve testado juntamente com os outros competidores, provas de limites físicos, como escalada, corrida na selva, crossfit, montain bike, wakeboard, surf etc e não fez feio, garantiu o terceiro lugar para o Brasil.

Em suas redes sociais, instagram ( @gpacca ) ou facebook ( Gabriel Pacca ), é possível sempre conferir fotos do atleta de olhos encantador, em suas práticas de esportes físicos.

Alias Gabriel gosta tanto do que faz, que na tarde do último domingo, onde foi comemorado o dia dos Pais, o atleta fez questão de levar o seu filho Theo, para que pudesse participar da corrida realizada no parque do Ibirapuera.  O pequeno Theo que torce sempre pelo pai, vibra de emoção quando corre a bordo de seu carrinho e as fotos ilustram momentos super fofo entre pai e filho participando juntos de uma corrida.

Gabriel Pacca – Foto Nicolas Arcay Bermejo – Divulgação

Gabriel Pacca – Foto Nicolas Arcay Bermejo – Divulgação

Gabriel Pacca e o filho Theo – Foto Cadu Vigilia / Divulgação

Gabriel Pacca e o filho Theo – Foto Cadu Vigilia / Divulgação

Gabriel Pacca e o filho Theo – Foto Cadu Vigilia / Divulgação

Gabriel Pacca e o filho Theo – Foto Cadu Vigilia / Divulgação

Rainha de Bateria Helena Soares, veste o macacão e pisa fundo pela 7ª vez no Rally dos Sertões

Helena Soares – Fotos: Sanderson Preira / Elias Tavares – E.T.Eventos / Divulgação

Helena Soares – Fotos: Sanderson Preira / Elias Tavares – E.T.Eventos / Divulgação

Neste domingo, 02 de agosto, será dado a largada do Rally dos Sertões. Entre desfiladeiros, planícies, calor e frio disputam mais de 60 competidores, entre eles uma única mulher, Helena Soares.

Conhecida também por abrilhantar o carnaval de São Paulo, ela virá novamente a frente da bateria da escola de samba Independente Tricolor, do grupo de acesso, onde será a rainha de bateria, onde normalmente está acostumada a sambar com roupas minusculas e exibindo o corpão sarado da morena, porém dessa vez, Helena não lembrará em nada os trajes sensuais, e troca as poucas peças de roupa por um macacão, brilhos de pedras e cristais, por graxa e peças automotivas, e vale a pena a mudança radical, pois ela vem pra brilhar no rally.

Entre idas e vindas o processo de concretização para sua participação na 23º edição da competição, finalmente veio à boa noticia, Helena está confirmada. Disputando a categoria SUPER PRODUCTION, ela irá percorrer 2.917 KM, entre Goiânia e Foz do Iguaçu, com a novidade da edição que irá percorrer seis cidades pela primeira vez.

Na noite da última sexta (31), após deixar tudo pronto pra pisar fundo, Helena Soares aproveitou o pequeno descanso e fez fotos ao lado de seu navegador o catarinense Idali Bosse, pela primeira vez ao lado do piloto já experiente na modalidade.

A piloto não está de brincadeira, e sendo já sua 7º participação se considera favorita para atingir sua meta. “Nesse momento eu esqueço que sou a única mulher e simplesmente quero superar meus concorrentes”, afirma beldade.

Confira o roteiro do Rally Sertões 2015:

Prólogo – 01/08 Goiânia – Goiânia (GO)

Etapa 1 – 02/08 Goiânia (GO) – Rio Verde (GO)

Etapa 2 – 03/08 Rio Verde (GO) – Itumbiara (GO)

Etapa 3 – 04/08 Itumbiara (GO) – São Simão (GO)

Etapa 4 – 05/08 São Simão (GO) – Três Lagoas (MS)

Etapa 5 – 06/08 (Maratona)

Etapa 6 – 07/08 Euclides da Cunha Paulista (SP) – Umuarama (PR)

Etapa 7 – 08/08 Umuarama (PR) – Foz do Iguaçu (PR)
Crédito das Fotos: Sanderson Preira / Elias Tavares – E.T.Eventos / Divulgação

Helena Soares e Idali Bosse – Fotos: Sanderson Preira / Elias Tavares – E.T.Eventos / Divulgação

Zé Roberto, do Palmeiras da entrevista para a Sexy e faz criticas a Seleção Brasileira

Jogador do Palmeiras – Zé Roberto – Foto: Daniel Spalato / Divulgação

A edição de agosto de 2015 da Revista Sexy traz uma entrevista com o jogador Zé Roberto, que atualmente esta no Palmeiras e que contou como esta com 40 anos e jogando com pique de menino, sobre a preparação da seleção de 2006 que parecia uma feira e que abdicou de muita coisa para ser atleta.

Começando a entrevista, o assunto logo de cara foi os seus 40 anos e a parte física muito boa, e Zé Roberto comentou orgulhoso. “Vejo a minha parte física de uma forma muito clara e objetiva: estou colhendo frutos que plantei há muitos anos, quando me considerei um atleta profissional e entendi que meu corpo é meu instrumento de trabalho. Quando entendi isso, passei a cuidar dele, no sentido de me alimentar bem, de não ter nenhum vício, de nunca ter tomado bebida alcoólica.”, destacou, o jogador do Palmeiras.

Sobre a Copa do Mundo de 2006, Zé Roberto não poupou as palavras. “O grupo era muito bom. Nosso time tinha a metade dos jogadores titulares de férias, quando, em 2005, ganhamos a Copa das Confederações por 4 a 1, na final, com a Argentina. Era um time que entrou pra Copa como favoritaço. O que prejudicou foi essa questão de organização. Foi algo muito visível e que serve como exemplo pra nos o que a Alemanha fez aqui no Brasil, em 2014. Ficou faltando organização daqueles que estavam envolvidos, como a CBF, a comissão técnica, nós, jogadores…Quando você chegava para o treino em Weggis, o corredor parecia uma feira. Tinha batucada, venda de produtos do Brasil…No campo de treinamento fizeram até arquibancada.”, completou.

Falando dos 7 a 1, ele foi direto. “É simples de explicar. Faltou um pouco de humildade da nossa parte. A gente sabia que o Brasil não estava fazendo uma grande Copa do Mundo. Já tinha quase perdido para o Chile, com aquele chute na trave…Faltou saber que tinha que marcar a equipe deles, que estava crescendo na competição. O Brasil foi pra cima, deixou a parte defensiva muito exposta e acabou levando gols.”

Para finalizar o assunto foi o fato de ter casado muito cedo, com 22 anos.” Por eu ter casado novo – e sempre foi um desejo meu, de ter esposa e filhos – isso me ajudou muito no meu processo de crescimento como atleta profissional focado no trabalho. Porque, infelizmente, tem muito jogador jovem solteiro que quer curtir a vida adoidado. Não passei por isso, porque casei muito cedo e minha família é minha prioridade. Então nunca me deslumbrei com noite, com mulher, com festa.”, encerrou.

Jogador do Palmeiras – Zé Roberto – Foto: Daniel Spalato / Divulgação

Neymar participa de torneio de poker em prol de seu instituto

Neste domingo (26), o futebolista brasileiro Neymar Jr, participou de um torneio beneficente de Poker, o qual aconteceu nas dependências do hotel Holiday Inn, situado na zona norte de São Paulo.  Toda a renda arrecada com o evento, será utilizada em benefício de seu instituto na Praia Grande, no litoral Paulista.

A chegada de Neymar ao evento foi bem tumultuada, porém logo o jogador com a sua simpatia, posou para fotos e conversou com a imprensa.

Alguns outros atletas também participaram do evento, entre eles Maurren Magi, que é considerada o maior nome da história do atletismo feminino do Brasil, por ser saltadora e velocista brasileira e também o jogador profissional, Felipe Mojave, que é o namorado da atriz Carolina Oliveira.
Crédito das Fotos: Renan Katayama / Azzi Agency

Neymar Jr

Maurren Magi

Felipe Mojave

 

Bebedouro vence o ‘Dia do Desafio’

unnamed

A população bebedourense, orientada pela Secretaria Municipal de Educação e o Departamento Municipal de Esportes (DME), participou da 21ª edição do Dia do Desafio, mobilizando cerca de 15.182 pessoas.

Bebedouro participou do desafio competindo com a cidade de Joyabaj, da Guatemala, cidade de 71.778 habitantes. O município mobilizou apenas 625 pessoas, o equivalente a 1% da população.
“O desafio consistiu na movimentação popular por no mínimo 15 minutos, envolvendo escolas, entidades, crianças e jovens, sendo importante por estimular, além da atividade física, a formação do espírito de coletividade, envolvimento e participação”, diz o diretor do DME, Juliano César Rodrigues.

Dia do Desafio – O Dia do Desafio foi criado nos anos 1980, no Canadá, com a proposta de despertar o interesse das pessoas pela prática de esportes e atividades físicas, por meio de uma competição entre cidades. É um movimento comunitário que envolve poderes públicos, instituições privadas e cidadãos trabalhando em parceria para mobilizar o maior percentual de participantes em relação ao seu total de habitantes.

Coordenado pelo Sesc, desde 1995, o Dia do Desafio é uma iniciativa da TAFISA – The Association For International Sport for All – conta com o apoio da ISCA – International Sport and Culture Association – e da UNESCO e trata-se de uma realização das Prefeituras Municipais.

MONTE AZUL/SP: Prefeitura apoiou 8ª etapa da Copa ALIGA Mountain Bike

unnamed (2)

A Prefeitura de Monte Azul Paulista deu total apoio na 8a.edição da Copa ALIGA Mountain Bike realizado no dia 22 no município. Mais de 400 participantes de diversas cidades do Estado de São Paulo e Minas Gerais estiveram presentes na competição. O prefeito Paulo David(PSDB) fez questão de estar presente no Centro de Lazer Centenário, local da largada e chegada para os competidores, neste evento esportivo que marca o calendário de atividades da Secretaria de Esportes. Como médico e sabedor que atividade física é essencial para uma melhor qualidade de vida, o prefeito destacou a organização do evento em mais um ano nesta parceria de sucesso. “É importante ter a Prefeitura como parceira deste evento pois sem esta ajuda seria difícil realizar a abertura da Copa no município, quero agradecer em nome da Comissão Organizadora o apoio oferecido pelo prefeito Paulo David” disse Rodolfo Martinho organizador do evento. A vitória foi de um atleta de Araraquara   que realizou o percurso de 48 km em uma hora e meia.

Começa nesta segunda as aulas de Zumba e ritmos no Tênis Clube!

zumba
É nesta segunda (2), que começam as aulas de ritmos do Monte Azul Tênis Clube. A iniciativa visa atender o pedido dos sócios que utilizam o clube para os cuidados estéticos e da saúde como a academia, a hidroginástica e natação.  As aulas serão ministradas pela professora Jennifer Dominick todas as segundas e quartas-feiras, das 18 às 19 horas.

A aula de ritmos ´promove exercícios aeróbicos e alta queima de calorias. É indicada para todas as idades e auxilia quem quer perder peso e mantem uma dieta balanceada. Serão diversos ritmos englobados e a febre do momento, a ZUMBA estará presente sempre numa das aulas. A turma já começa com mais de 60 inscritos e, associados que ainda não se inscreveram podem comparecer para a aula inaugural do dia 2, realizando  seu cadastro logo após.

O mesmo serve para quem quer participar da hidroginástica e ainda não se inscreveu.. As aulas são todas as terças-feiras ás 19 horas e todas as sextas-feiras às 18 horas, ministradas pela professora Jéssica Migliuruci.

Compareça!

Maiores informações pelo (17) 3361.1641.

Éverton Costa encerra carreira aos 29 anos

20140528-1300-3-everton-costa-agradeceu-os-torcedores-vascainos-pelo-apoio

O empresário Jorge Machado confirmou no programa Arena SporTV que o meia Éverton Costa deixará o futebol. Após sofrer uma arritmia cardíaca em meados de abril de 2014, durante uma partida da Copa do Brasil pelo Vasco, o jogador não atuou mais profissionalmente, e chegou apenas a fazer treinos leve no fim da última temporada.

A produção da TV Globo conseguiu entrar em contato com o agora ex-jogador. Ele confirmou a aposentadoria precoce, aos 29 anos, mas preferiu não se estender no assunto por se tratar de um momento delicado. 

– Infelizmente aconteceu isso com ele por uma doença de Chagas detectada na época que ele estava no Santos e que não foi repassada para as pessoas, foi segurado pelo corpo técnico do Santos. Depois, quando ele teve esse problema no Vasco, o corpo médico do Santos comunicou o Vasco que tinham detectado a doença. Infelizmente ele não tem mais condição de continuar jogando – explicou.

Everton Costa chegou ao Vasco em janeiro de 2014, emprestado pelo Coritiba. O atacante fez 10 jogos com a camisa cruz-maltina e marcou um gol, na partida contra o Duque de Caxias, pelo Campeonato Carioca. Para 2015, ele conversava com o Coxa para retornar à capital paranaense, mas acabou pendurando as chuteiras. Na carreira, ele também atuou por Galo Maringá, Grêmio, Fredrikstad (NOR), Caxias, Internacional e Bahia.

O drama de Everton Costa 

Everton Costa sentiu-se mal durante a partida contra o Resende, válida pela primeira fase da Copa do Brasil, no dia 16 de abril. No hospital, os exames constataram uma arritmia cardíaca – causada por uma miocardite (processo inflamatório do músculo cardíaco). Três dias depois, o departamento médico do Vasco e o cardiologista Gustavo Gouvêa deram uma entrevista coletiva para explicar detalhes do ocorrido. Na ocasião, foi anunciado que seria preciso realizar novos exames dentro de um mês para descobrir se o jogador teria condições de seguir atuando profissionalmente.

Foram seis dias internado no hospital. Depois que recebeu alta, o jogador se recuperou em casa – onde teve os batimentos cardíacos monitorados por um aparelho – sem realizar esforço físico. Em junho, pouco menos de dois meses depois do problema, o atacante foi submetido a uma cirurgia para colocar um desfibrilador implantado no coração – caso contrário não poderia mais voltar a jogar futebol.

O dispositivo é uma espécie de marca-passo capaz de dar choques para corrigir novas alterações nos batimentos cardíacos do atleta. Desde o início, os médicos deixaram claro que seria preciso esperar seis meses do fato inicial para decidir se o jogador teria condições de voltar a atuar profissionalmente. A data foi completada no dia 16 de outubro. No início de novembro, o jogador voltou aos treinos, mas não participou de nenhuma partida oficial.

(Globo Esporte  — Colaborou Thiago Fernandes, produtor da TV Globo)

Tênis Clube inicia aulas de Hidroginástica

hidroginastica-exercite-se-ate-dentro-da-agua-2-151

Uma atividade saudável e destinada a todas as idades, a hidroginástica é mais um componente que fará parte da grade de atividades do Monte Azul Tênis Clube à partir desta terça-feira (3), às 19 horas.

De acordo com a professora Jéssica Migliuruci, serão dois horários diferentes para atender de jovens à idosos. “Às terças-feiras as aulas serão às 19h e às sextas-feiras, às 18h. Ambas tem a duração de 45 minutos de atividades” -, informa.

A hidroginástica é um exercício indicado para melhorar a capacidade cardiorrespiratória, resistência física, flexibilidade e auxilia no gasto calórico. Emagrecer com a hidro é emagrecer de forma natural e ao contrário da musculação que visa a exaustão, a hidroginástica oferece menor impacto físico e ainda traz a sensação de relaxamento.

Vale ressaltar que as aulas são inteiramente grátis aos associados e o Monte Azul Tênis Clube dispõe dos materiais usados. O sócio deve apenas se preocupar em estar vestido adequadamente e aproveitar as aulas direcionadas aos homens e às mulheres.

BARRETOS: Convênio prevê a capacitação de professores e jovens empreendedores

A Secretaria Municipal de Educação, Esportes e Lazer está celebrando convênio com o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), para capacitar os professores do sistema municipal de ensino até julho/14, e a partir do segundo semestre, ensinarem o empreendedorismo aos alunos colocando-os como protagonistas e integrantes do processo educacional.
O curso JEEP (Jovens Empreendedores Primeiros Passos), incentiva o protagonismo juvenil e a iniciativa futura na busca de possibilidades de inserção no mercado de trabalho, por meio de uma postura empreendedora ou da criação de negócios próprios.
Para tanto os professores participam da capacitação, conhecendo a estrutura e o conteúdo dos livros da sua série e que aplicarão junto aos alunos. O curso apresenta dois eixos centrais: comportamento empreendedor e plano de negócios, com aprofundamento gradual contemplando quatro temas transversais: cultura da cooperação e inovação, eco – sustentabilidade, ética e cidadania.
Segundo o secretário municipal de Educação, Esportes e Lazer, Aparecido Donizete Alves Cipriano, essa parceria trará novas oportunidades para os professores e, especialmente, para as crianças que ao vivenciarem o empreendedorismo com direcionamento, desenvolverão habilidades outras preparando-as para a cooperação, o saber fazer e para a vida.

MONTE AZUL consegue obter a titularidade do Ginásio de Esportes ‘Julião Arroyo’…

PM GINASIO DE ESPORTES

(FOTO DIVULGAÇÃO)

A Prefeitura de Monte Azul Paulista concretizou a transferência do Ginásio de Esportes “Julião Arroyo” para o município. A titularidade do prédio era reivindicado desde o inicio da administração do prefeito Paulo David(PSDB).  O  Termo de Permissão de Uso a Titulo Gratuito será por 20 anos e foi assinado   na Procuradoria do Estado em Ribeirão Preto junto ao  Procurador do Estado Chefe da PR/6 Dr. Paulo Henrique Neme. Com a primeira etapa cumprida a prefeitura inicia agora   a etapa de elaboração de projeto para a reforma e ampliação junto ao Departamento de Engenharia da Prefeitura Municipal. Em breve o monteazulense terá um moderno Ginásio de Esportes para o lazer e entretenimento da população. O decreto autorizando a titularidade é o de n° 59.557 assinado pelo Governador Geraldo Alckmin.

MONTE AZUL: Reta final do Campeonato Varzeano promete agitar Marcondésia…

559465_233642516812221_1647210473_n
Está tudo pronto para a grande final do “Campeonato Municipal Varzeano”, que acontecerá no próximo domingo 08 de Dezembro, no campo de Marcondésia. A final da série prata será entre o time de Marcondésia e Vini-Lucas. Disputando o titulo da série ouro, jogam Bombas Leão e Baraldi. A entrega da premiação está programada para o domingo seguinte, dia 15 de Dezembro, com um jogo comemorativo entre os times campeões das duas séries. A Partida da série prata tem início as 14h30 e da série ouro as 16h00

Foto: Kelsio Bueno da Silva, Coordenador de esporte