Ator Erick Cesar defende de braços abertos a causa da Diversidade LGBT

O modelo e ator Erick Cesar, de 29 anos, participante da Série brasileira Psi exibida no canal a cabo HBO e também no documentário ‘O Outro Lado do Carandiru’,  é uma pessoa completamente conectado com a arte e está sempre engajado com os assuntos quando se trata de questões Brasileiras.

O jovem que também já gravou algumas cenas de suas participações na nova novela da Rede Record, onde a trama será de época e se chamará Escrava Mãe; tem a preocupação que agora no último domingo do mês de maio, no dia 29, quando acontecerá a vigésima edição da Parada do Orgulho Gay em São Paulo, que este cerimonial não seja somente festa mas sim um momento de reflexão de direitos e consciência, pois o público LGBT é um dos segmentos de nosso País que mais sofrem discriminação, não existe ainda um espaço para que eles tenham liberdade como os casais heterossexuais. Logicamente que o respeito deve estar em primeiro lugar! E dentro do segmento os mais crucificados são os transexuais tanto é que este ano o tema da festa é Liberdade de Gênero, essas pessoas precisam ser respeitadas como qualquer cidadão independente de questões sexuais. Se a pessoa tem caráter, trabalha dignamente, ninguém vai lhe acusar por ser homossexual.

Por isso a importância em manter a auto estima para não se sentir vítima por ser assim, aliás graças a Deus a união é feita por um sentimento chamado amor, que tem poder para transformar o fel em mel .

Defendo inúmeras questões e o público LGBT por ser minoria que na verdade hoje é a grande maioria, também tem a minha defesa, e por isso que utilizo meu instagram pessoal @erickoficialmundo como instrumento, digno de passagem já estamos com 18 mil seguidores e recentemente meus amigos me indicaram para que eu receba o prêmio Papo mix da diversidade. Vamos aguardar a votação!

Lutar pelo fim da discriminação é o meu compromisso, pois não basta apenas fazer arte, temos que lutar pelo lado social, pelas questões que são nossas. Quero um País mais igualitário, mais justo e menos preconceituoso. A religião é um ponto de equilíbrio, o amor é incondicional e a cor da pele é de fato um detalhe que dá brilho no dia a dia. Chega de preconceito!

Credito das Fotos:  Araujo Photos / Divulgação

Anúncios

Obrigado por participar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s