BEBEDOURO/SP: Entenda o caso do Jardim União na data de ontem.

Por volta das 13h a polícia recebeu um chamado para controlar um homem que fazia tumulto em vias públicas munido de uma arma de fogo. Esse homem, proprietário de um bar no Jardim União, segundo informações de moradores, parecia estar descontrolado. Ele teria supostamente levado a sua namorada para o meio da rua e ameaçado a atirar na mesma colocada de joelhos no meio da rua.

O fato é que com a aproximação da viatura de polícia o mesmo adentrou o bar e, com meia porta, desferiu um tiro contra a viatura acertando um dos pneus. Durante a ação da polícia os moradores do bairro atiraram pedras, tijolos e até mesmo bolinhas de gude contra as viaturas e policiais. Inclusive um dos policiais foi atingido com um tijolo na cabeça e teve que ser levado ao hospital. O mesmo sofreu paradas respiratórias e agora está fora de perigo.

O rapaz ameaçou se suicidar colocando a sua arma conta o peito.  A ação para impedir que o rapaz tirasse a sua vida se estendeu por toda a tarde e houve conflitos entre civis e policiais. De um lado, o ataque de pedras e tijolos por parte dos moradores, do outro, balas de borracha e bombas de efeito moral.

Por volta das 19h o caso do rapaz teve um desfecho:  ele mesmo apertou o gatilho contra o peito e teve que ser socorrido por policiais e pelo resgate. O tiro atravessou o corpo e não atingiu órgãos vitais. O mesmo passou por uma cirurgia no decorrer da noite. Seu estado de saúde é estável.

Com o findar dessa situação fica apenas o rebimbar das ações: policiais atacados no exercício de seu trabalho e civis que alegam terem sido machucados durante as ações e, o histórico da PM atacada toda vez que tem que entrar no bairro para qualquer tipo de ação.

As fotos publicadas aqui são uma coleta de materiais enviadas por moradores dos bairros e já foram publicadas ontem (1 de março) durante a cobertura realizada em tempo real.

Anúncios

3 pensamentos sobre “BEBEDOURO/SP: Entenda o caso do Jardim União na data de ontem.

  1. A populaçao nao foi pra cima , a populaçao só reagiu ao que os policiais estava fazendo , pois quando eles chegaram no local , foram igual animal selvagem, em cima dos curiosos que estavam ali, andando com a viatura dando rabiadas bruscas , jogando bombas, gas de lacrimogenio, spray de pimenta, dando do tiro de borracha, ao inves deles socorrer quem estava na mira da revolver, eles estavam mais preocupados com os curiosos dp qu no que foram chamados.. Agr querem se fZer de sNto..

  2. Da proxima vez liga pro Batmam ao inves de ligar no 190!!!! Lembrando que quem ligou para a policia foram os próprios moradores do bairro!!!!!

  3. só tenho à dizer, que moro mais ou menos 500 metros do local, estava com portão trancado, portas fechadas, qdo ouvi a explosão, abri o vidro, veio toda a fumaça em mim, não conseguia respirar, tossi muito, ainda agora eu molho o rosto, arde, e dor de cabeça, pelo menos duas bombas de pimenta, foram jogadas dentro do meu quintal, na frente da varanda, minha sala encheu de fumaça, passei muito mal, eu e marido já somos idosos, ele com vários problemas de saúde……

Obrigado por participar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s