Ministro anuncia liberação de recursos para piscina do Centro Municipal de Reabilitação e promete ajuda para a Santa Casa

unnamed (3)

Em visita a Barretos, na sexta feira, 29 de novembro/13, onde inaugurou novas alas do Hospital de Câncer e assinou convênio para captação de recursos pela instituição, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, se comprometeu a ajudar a buscar uma solução para o equilíbrio financeiro da Santa Casa de Misericórdia. Em discurso, o ministro também garantiu que vai agilizar a liberação de recursos para a construção de uma piscina no Centro Municipal de Reabilitação, para ajudar no tratamento dos pacientes. O centro atende atualmente cerca de 3.000 pacientes por mês e é considerado uma unidade de referência na área.

Recebido no Aeroporto Municipal pelo prefeito Guilherme Ávila e pelo diretor do Hospital de Câncer, Henrique Prata, o ministro participou da inauguração da nova Unidade de Pesquisas Clínicas (UPC) e da Unidade de Customização de Carretas. Também assinou convênio, com base na nova Lei de incentivo a unidades de oncologia, que permitirá ao Hospital de Câncer captar diretamente de empresas privadas até R$ 47 milhões. Conforme a Lei, as empresas que doarem recursos para a instituição poderão debater o valor do Imposto de Renda.

Durante discurso, na solenidade de assinatura do convênio, o prefeito Guilherme Ávila destacou os recursos federais que estão sendo aplicados na Saúde em Barretos, que já permitiram a reforma e adequação de quatro unidades básicas e estão possibilitando a ampliação do número de equipes do Programa Saúde da Família. Também lembrou das dificuldades enfrentadas pela Santa Casa, que atende pessoas de  todos os municípios da região e de todo o país, já que também é a unidade utilizada pelos acompanhantes dos pacientes em tratamento no Hospital de Câncer.

“Guilherme, pode ter certeza de que você pode contar com esse ministro da Saúde aqui para ajudar a enfrentar o problema da Santa Casa”, respondeu o ministro, também em discurso. Segundo ele, a ajuda pode vir de duas formas: através do reconhecimento e negociação das dívidas tributárias e através da contratação de mais procedimentos pela Prefeitura, o que resultaria na elevação do repasse mensal. “A Prefeitura já fez a sua parte, já preparou o contrato pra gente dar mais recursos pra Santa Casa”, disse.

Sobre a liberação de recursos para a piscina do Centro Municipal de Reabilitação, o ministro disse que era uma dívida com o prefeito desde que ele era diretor da instituição. “Procurei saber como estava a liberação dos recursos e nós vamos agilizar isso”, disse.

Anúncios

Obrigado por participar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s