Escola Alexandre Ávila Borges realiza gincana e arrecada alimentos para a Santa casa de Barretos

unnamed (2)

O ensino médio da Escola Estadual Alexandre Ávila Borges realizou na semana da Consciência Negra, uma semana também de cidadania entre seus alunos.

Além de uma discussão sobre os temas os alunos divididos por classes tiveram que apresentar peças teatrais, danças, música e uma das tarefas da Gincana era arrecadação de alimentos não perecíveis. A idéia surgiu na sala de leitura e foi proposta pelos professores e aceita pelos alunos.

A classe vencedora da gincana da Semana da cidadania ganharia um prêmio. O coordenador pedagógico da escola Renato Roberi disse que os professores resolveram embutir a semana da consciência negra com a semana da cidadania. “A gente começou a arrecadar e a sala que mais arrecadasse nos vários eventos, de musica, dança, teatro e fizesse maior pontuação a escola daria um premio, provavelmente uma viagem pra Ribeirão”, disse Roberi.

A professora Corina da sala de leitura, Silvia e a professora Lara, inspetores e funcionários acabaram adotando pra si e todos apoiaram e também ajudaram a campanha.

Os alunos foram de casa em casa e pediram material não perecível à população. “Num dia não tinha nada, prorrogamos o  prazo e em uma semana conseguimos tudo isso que voce está vendo. A escola inteira, 200 alunos, professores, funcionários participaram da campanha. Nos surpreendemos  com o volume de doação”, afirmou o coordenador.

Segundo Roveri a funcionária Regina ficou sabendo que a Santa casa de Barretos estava precisando de ajuda e foi acatada a sugestão, já que a cidade usa a Santa casa.

O gerente de captação de recursos da Santa casa de Barretos Antônio Ribeiro Neto afirmou que a escola Alexandre foi a primeira escola fora de Barretos que desenvolveu uma ação para ajudar a Santa Casa. “ Esse material vai ajudar e muito. A santa casa gasta cerca de 70 mil reais com alimentação diária e só em leite, 80 litros por dia”, falou Ribeiro.

Ribeiro relatou ainda que a cidade participa de praticamente todos os eventos em prol da Santa Casa e que os munícipes que mais ajudam o Leilão de gado são de famílias tradicionais de Jaborandi.

A estudante do 3º ano Gabriela, disse que os alunos se juntamos todos em grupo e foram pras ruas arrecadar os alimentos. “As pessoas nos receberam bem, por que todos aqui usam o Hospital!, disse a jovem.

Já Karen e Bianca disseram que cada um fez a sua parte e foi muito legal participar da campanha.

Jaborandi é o terceiro município que mais utiliza a Santa casa de Barretos.

 

 

Anúncios

Obrigado por participar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s